Evitando prejudicar seu fígado no dia a dia

2927

Voltar

Muitas vezes sem querer, no dia a dia, podemos tomar atitudes que podem prejudicar o fígado. Conheça as atitudes que mais acontecem.

Álcool

Você provavelmente já sabe que beber demais é ruim para o seu fígado.

Se tiver alguma doença que ataca o fígado evite beber álcool, já se não tiver doença alguma no fígado beba no máximo 150 mililitros de vinho (um pouco mais de meio copo), 350 mililitros de cerveja ou 40 mililitros de licor. Se você beber, certifique-se de mantê-lo moderado sendo no máximo uma bebida por dia para mulheres e até 2 por dia para homens.

Açúcar

Todos sabem desde criança que o açúcar é ruim para os dentes, provocando caries, mas poucos sabem que também pode prejudicar o fígado.

Muitos alimentos processados utilizam açúcar refinado e adoçantes ricos em frutose causando um acúmulo de gordura no fígado que pode levar à doença hepática, mesmo que você não tenha excesso de peso. É necessário limitar os alimentos com açúcares adicionados, como refrigerantes, sucos processados e sobremesas prontas para consumo encontradas nos supermercados.

Suplementos de ervas

Mesmo que o no frasco esteja escrito “natural”, pode não ser bom para você. Sempre deve falar com seu médico antes de tomar alguma erva ou suplemento para se certificar de que o consumo é seguro.

Peso acima do ideal

As pessoas que se encontram acima do peso podem acumular gordura nas células do fígado e levar a doença hepática gordurosa não alcoólica (NAFLD – ESTEATOSE). Como resultado, seu fígado pode inflamar. Ao longo do tempo, pode levar a cirrose ou até o câncer de fígado. Dieta e exercício podem parar a progressão da doença

Demasiada vitamina A de suplementos

Seu corpo precisa de vitamina A, e é bom obtê-la de frutas e vegetais frescos, especialmente aqueles que são de cor vermelho, laranja e amarelo. Mas se você tomar suplementos que possuem altas doses de vitamina A isso pode ser um problema para seu fígado. Verifique com o seu médico antes de tomar qualquer vitamina, porque você provavelmente não precisa dessa suplementação.

Refrigerantes – Bebidas açucaradas

Pesquisas mostram que as pessoas que bebem muitos refrigerantes são mais propensas a ter doença hepática gordurosa não alcoólica (NAFLD – ESTEATOSE).

Paracetamol (acetaminofeno)

Você tem uma dor no corpo, ou uma dor de cabeça, ou um resfriado, e você consegue um analgésico. Certifique-se de tomar a dosagem correta! Se você toma acidentalmente muito de qualquer coisa que tenha acetaminofeno – por exemplo, uma pílula para sua dor de cabeça e outra coisa para o seu resfriado, e se ambos têm acetaminofeno na composição – pode prejudicar seu fígado. Verifique a dose e quanto é bom tomar em um dia. Fique atento a esses limites:

  • Não exceder a dose máxima de 4g (adultos) e 75mg/kg (crianças) de paracetamol em um período de 24 horas.
    – Não use junto com outros medicamentos que contenham paracetamol, com álcool ou em caso de doença grave do fígado.

Gorduras Trans

As gorduras trans são uma gordura artificial em alguns alimentos embalados e assados. (Você verá listados como ingredientes “parcialmente hidrogenados”). Uma dieta rica em gorduras trans torna você mais provável ganhar peso. Isso não é bom para o seu fígado. Verifique a lista de ingredientes.

Riscos dos analgésicos e anti-inflamatórios

A quantidade e a frequência do uso de analgésicos e anti-inflamatórios podem trazer prejuízos à saúde, principalmente se ingeridos de maneira indevida. … Tomados em excesso, analgésicos e anti-inflamatórios podem trazer prejuízo à saúde.

Como a maior parte dos remédios é processada pelo fígado, há casos recorrentes em que o paciente desenvolve um grave processo inflamatório (hepatite), reações alérgicas serias e até lesões avançadas, com o passar do tempo

No fígado, a hepatoxicidade é o principal efeito, causando desconforto abdominal, náuseas e inclusive icterícia, caracterizada por pele amarelada. Nos casos extremos, pode haver falência hepática fulminante.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com

IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.

Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.

Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte:
WWW.HEPATO.COM

O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA – ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO

 

Compartilhar