Um alerta ao ministro da Saúde Dr. Ricardo Barros

675

Voltar

REF: Novo PCDT para tratamento da hepatite C

Prezado ministro,

Ficamos felizes de ver que sua promessa de contemplar com o tratamento todos os infectados com hepatite C começa a se tornar realidade, estando detalhada no texto do PCDT em Consulta Pública da Conitec. Parabéns por cumprir com sua palavra!

Mas em relação ao “Plano de Eliminação da Hepatite” e a “Redução de Custos” na aquisição dos medicamentos é nosso dever como sociedade civil alertar que na forma como está proposta a incorporação de novos medicamentos no texto do PCDT corremos o risco de não atingir essas duas metas.

O novo PCDT inova ao incorporar dois novos medicamentos, os quais extraoficialmente se comenta que estão previamente negociados a um excelente preço, reduzindo praticamente a metade o custo do tratamento atual, mas esses dois novos medicamentos a serem incorporados somente atendem o genótipo 1 da hepatite C.

Os genótipos 2 e 3 deverão continuar a utilizar os medicamentos atualmente um uso, a um custo que representa, quando comparado com o novo tratamento no genótipo 1, o dobro no custo quando do tratamento é de 12 semanas ou até quatro vezes superior se o tratamento for de 24 semanas. Como o genótipo 3 representa aproximadamente 25% dos infectados a previsão de redução de custo na aquisição no total do programa de eliminação não será efetivada.

Senhor Ministro, foram quatro os medicamentos negociados para serem incorporados, mas lamentavelmente os dois que possibilitam tratar todos os genótipos, por serem pan-genótipos, ainda se encontram na ANVISA e caso não tenham o registro a tempo da realização de uma nova compra o prejuízo para o SUS será enorme e irreversível.

Desculpe minha intromissão, mas cabe a nós como sociedade civil o alertar para que sejam tomadas as devidas providencias para evitar que o Plano de Eliminação das Hepatites e a Redução de Custos no tratamento da hepatite C seja uma realidade, beneficiando pacientes e o sistema SUS.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com

IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.

Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.

Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte:
WWW.HEPATO.COM

O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA – ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO

Compartilhar