Apresentações realizadas no Workshop Diagnóstico e Acesso ao Tratamento

308

Voltar

Os slides das 14 aulas que aconteceram no “I Workshop Diagnóstico e Acesso ao Tratamento: Coinfecção HIV/HCV na Região Sudeste” que aconteceu no Rio de Janeiro nos dias21 e 22 de julho de 2017, por cortesia dos palestrantes, já estão disponíveis para livre consulta.

1. Onde está HCV?“Quantos estão infectados com hepatite C” e “Onde está o infectado com hepatite C”. Encontrar Wally nos desenhos com milhares de pessoas é muito mais fácil que encontrar o HCVCarlos Varaldo (Presidente do “”Grupo Otimismo de Apoio ao Portador de Hepatite” – Fundador da World Hepatitis Alliance – Presidente da AIGA – Aliança Independente dos Grupos de Apoio)- Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/onde_esta_HCV.pdf


2. Desafios atuais e o futuro na co-infecção. É possível eliminar a co-infecção no BrasilMostrando porque pacientes com co-infecção pelo HIV/VHC estão em maior risco para progressão da fibrose e cirrose hepáticaDra. Deborah Crespo (Coordenadora Estadual de IST-AIDS do Pará) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/deborah.pdf


3. Novo PCDT para hepatite C e coinfecções As novas diretrizes terapêuticas nacionais para orientar os profissionais de saúde no manejo da hepatite C e coinfecçõesDra. Elisa A B Cattapan (Ministério da Saúde – Secretaria de Vigilância em Saúde – Departamento de Prevenção e Controle das IST, do HIV/AIDS e das Hepatites Virais) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/pcdt.pdf


4. Co-infecção HIV/HCV e comorbidadesDetalha os múltiplos fatores de risco associados no paciente coinfectado HIV-HCVDr. Evaldo Stanislau Affonso de Araújo (DMIP-HC-FMUSP Centro de Pesquisa Clínica HAC Santos) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/evaldo.pdf


5. Equipe Multidisciplinar no atendimento ao co-infectado HIV/HCVO porquê de uma Equipe Multiprofissional no tratamento da co-infecção HIV/HCVDra. Simone Tenore (UNIFESP e CRT DST AIDS – SP) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/simone.pdf


6. O que pode melhorar, ou não, com cura do HCV no co-infectado?O caminho sinaliza não haver mais razão para que pacientes continuem infectados pelo HCVDra, Rosângela Teixeira (Ambulatório de Hepatites Virais AHEV/IAG/HC/UFMG) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/rosangela.pdf


7. Estratégias de prevenção e eliminação da hepatite C no Co-infectado: como fazer?Experiencias na prevenção e eliminação da Hepatite C em PVHADr. Paulo Abrão Ferreira (Prof. Afiliado da Disciplina de Infectologia da UNIFESP CRT DST Aids de São Paulo) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/paulo.pdf


8. Qual a melhor estratégia de tratamento do HCV no co-infectado?Porque estes pacientes deixaram de ser população especial?Dr. Marcelo Simão Ferreira – (Professor titular de infectologia da Universidade Federal de Uberlândia – MG) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/marcelo.pdf


9. Experiência da Cidade do Rio de Janeiro para ampliar o diagnóstico da Aids e Hepatites ViraisComo foi realizada a ampliação do diagnóstico de hiv/aids/hepatites virais no município do Rio de JaneiroDra. Luciane da Fonseca Oscar Manoel (Programa Municipal de HIV e hepatites do município do Rio de Janeiro – RJ) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/marcelo.pdf


10. Panorama das Hepatites Virais no Estado do Rio de JaneiroUm relato do trabalho realizado nas hepatites virais no estado do Rio de JaneiroDra. Clarice Gdalecivi Miodownik – (Coordenação Estadual de Hepatites Virais Gerência DST/AIDS e Sangue e Hemoderivados SVEA -SVS-SES RJ) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/clarice.pdf


11. Efetividade dos novos tratamentos, na vida real, no BrasilTratamento da hepatite C: Resultados de vida real no Brasil: Sem interferon – Estudo da Sociedade Brasileira de HepatologiaDr. Claudio de Figueiredo Mendes (Serviço de Hepatologia Santa Casa do Rio de Janeiro) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/claudio.pdf


12. Realizações do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais do Ministério da SaúdeUm relato das ações desenvolvidas pelo Departamento de Prevenção e Controle das IST, do HIV/AIDS e das Hepatites ViraisDra. Elisa A B Cattapan (Ministério da Saúde – Secretaria de Vigilância em Saúde – Departamento de Prevenção e Controle das IST, do HIV/AIDS e das Hepatites Virais) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/acoes_departamento.pdf


13. HIV, HCV e TuberculoseMostra o grave impacto que representa para um paciente uma triple coinfecção com HIV, hepatite C e tuberculoseDr. Jorge Eduardo Pio (Gerência Técnica das Doenças Pulmonares Prevalentes da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/hiv_hcv_tb.pdf


14. Programa Estadual de HIV do Rio de JaneiroUm relato do trabalho realizado no HIV no estado do Rio de Janeiro Dr. Jadir Fagundes Neto (Gerência DST-AIDS e Hepatites virais no estado do Rio de Janeiro) – Acesse em: http://www.hepato.com/antigo/wk/jadir.pdf


O Workshop foi uma iniciativa do Grupo Otimismo de Apoio ao Portador de Hepatite com a colaboração do GADA – Grupo de Amparo ao Doente de Aids e, apoio do Departamento de Prevenção e Controle das IST, do HIV/AIDS e das Hepatites Virais, da Agencia de Notícias das Hepatites e da AIGA – Aliança Independente dos Grupos de Apoio.

 

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.


Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.


Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM


O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA – ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO

Compartilhar