Como o “advocacy(#)” ajudou para que todos tenham acesso gratuito aos medicamentos na hepatite C

427

Voltar

Em 2013 a “Federal Drug Administration – FDA” aprovou para uso nos Estados Unidos o primeiro antiviral de ação direta (DDA) para tratamento da hepatite C. O preço extraordinariamente alto impedia o acesso da maioria dos infectados.

Na época o governo brasileiro informava não ter recursos financeiros para oferecer os novos medicamentos. Em 2014 o Grupo Otimismo liderou junto a outras ONGs ações de advocacy pelo acesso ao medicamento no Brasil.

O advocacy(#) atuou para criar oportunidades de discussão reunido na mesma mesa todos os atores, governo, fabricantes, sociedades médicas e sociedade civil. No Dia Mundial da Hepatite em julho de 2014, entregamos ao ministro da saúde um abaixo assinado, em papel, com 65.000 assinaturas coletadas por infectados e associações de pacientes no qual se solicitava a incorporação dos medicamentos no SUS, “a preço justo”. O efeito foi uma decisão do ministério de discutir com os fabricantes o preço que os medicamentos seriam vendidos ao Sistema Público de Saúde – SUS

Em dezembro de 2014 por iniciativa do Grupo Otimismo foi aberta em Brasília uma bandeira de 240 metros totalmente assinada por infectados, profissionais de saúde, coordenadores estaduais e municipais de hepatites e associações de pacientes solicitando a incorporação dos novos medicamentos. No mesmo dia, recebidos pelo ministro e na presença do presidente da ANVISA e da CONITEC foi aprovada a priorização no registro e incorporação.

Em julho de 2015, no Dia mundial da Hepatite são assinados os contratos de compra do sofosbuvir, simeprevir e daclatasvir. No mês de novembro começa a serem distribuído aos estados com a promessa de passar dos históricos 15.000 tratamentos / ano com interferon para 30.000 tratamentos com os novos medicamentos em 2016 e 45.000 em 2017/2018.

Em julho de 2016, no Dia Mundial da Hepatite o ministro anuncia ter negociado um desconto de 30% adicional e autorizado uma compra extra adiantando a meta de 2017.

Ter triplicado em 12 meses a quantidade de tratamentos oferecidos pelo sistema público de saúde mostra enfaticamente o sucesso das atividades de advocacy empreendidas nas hepatites.

As atividades de advocacy na hepatite conseguiram total sucesso no Brasil. O Brasil é hoje reconhecido pela Organização Mundial da Saúde como um exemplo a ser seguido. E inclusive é uma forma de luta dos pacientes e associações de pacientes que pode ser aplicado e implementado em qualquer doença, em qualquer país.

O Grupo Otimismo de Apoio a Portadores de Hepatite reconhece a contribuição considerável da indústria farmacêutica, das sociedades medicas de infectologia e hepatologia, dos pacientes e das associações de pacientes que se somaram nessa luta.

Nosso sucesso total acontecerá daqui a uns quatro meses, quando vamos ter um novo protocolo de tratamento, já aprovado na CONITEC, pelo qual todos os infectados, com qualquer grau de danos no fígado, estarão recebendo tratamento com os melhores medicamentos existentes no mundo.

# – Advocacy – é uma prática política levada a cabo por indivíduo, organização ou grupo de pressão, no interior das instituições do sistema político, com a finalidade influenciar a formulação de políticas e a alocação de recursos públicos. O advocacy pode incluir inúmeras atividades, tais como campanhas por meio da imprensa, promoção de eventos públicos e publicação de estudos, pesquisas e documentos para servir aos seus objetivos.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com

 

IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.

Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.

Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte:
WWW.HEPATO.COM

O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA – ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO

Compartilhar